terça-feira, 10 de outubro de 2017

Save me from my bad heart






del shannon | runnaway

We thought we could just roll and tumble,
live from song to song, kiss to kiss.

Song to Song, Terrence Malick



4 comentários:

Eros disse...

Sou um profundo admirador da obra do Malick. Entendo a crítica de muitos que julgam os últimos filmes como “onanismo cinematográfico”, mas creio que este extraordinário autor encontra novas formas de narrar histórias numa Sétima Arte cada vez mais asfixiada em convenções de storytelling.

Vanessa disse...

Olha, aqui está um ponto em que concordo absolutamente contigo, eu fico sempre deslumbrada... Gosto desta forma desconstruída de contar histórias. Aconteceu-me em quase todos os filmes que vi dele - sair dali quase hipnotizada - em especial no the tree of life, mas este último tocou-me particularmente. É cru e mágico ao mesmo tempo. Dito isto, vê e depois falamos. ;)

Eros disse...

Já o vi! ;)

Vanessa disse...

Ahhhhhh!:D